Volta duas casas

Porque 09 de maio é Dia do Goku e outras 6 coisas que aprendi com Dragon Ball

Simpático, humilde, forte e puro de coração. Descubra o que aprendemos com Goku, um dos heróis mais fortes de todos os tempos - agora com sua própria data comemorativa para celebrar.

Se Star Wars tem seu dia comemorativo, nada impede que Goku, um dos maiores ícones da cultura pop japonesa, também tenha sua data especial. Hoje, dia 09 de maio, é o comemorado o Dia do Goku – ou, em japonês, ごくの日 (Goku no Hi).

No Japão, as datas são escritas na ordem ano/mês/dia. Assim, para os japoneses, a grafia correta de nove de maio é 05/09. Uma vez que a pronúncia do número cinco é GO e do nove é KU, ficou fácil dedicar esse dia ao Kakaroto.

A escolha da data foi oficializada em 2015, após um pedido da Toei, distribuidora de Dragon Ball. Desde então, o Dia do Goku ficou registrado na Japan Anniversary Association, a associação japonesa que cuida de aniversários – e sim, os japoneses têm até uma associação para gerir aniversários, perceba.

Porque 09 de maio é o dia do Goku e outras 6 coisas que aprendi com Dragon Ball

O site oficial da franquia lançou um desafio para os fãs japoneses: uma espécie de caça às sete esferas do dragão. Palavras-chave foram escondidas em cada um dos setes sites participantes da promoção e quem conseguir encontra-las, estará inscrito no sorteio de kits de produtos franqueados.

Mas, como é preciso ter um endereço na terra do sol nascente para participar, o que nós podemos fazer para comemorar o Dia do Goku é relembrar algumas coisas que aprendemos com esse simpático herói.

  1. Quanto mais você apanha, mais forte você fica

Foram tantas batalhas intermináveis, repletas de concentração, porradaria, ou tudo junto e misturado. Goku é tão querido pelos fãs porque é um ótimo exemplo da máxima de que força não é tudo.

É entre quedas, derrotas e muitos socos que Goku reúne forças para continuar – e coloca força nisso! Apenas depois de levar muita porrada é que ele consegue liberar a sua verdadeira força e se transformar em Sayajin.

  1. É preciso ser humilde e puro de coração para voar na nuvem douradaPorque 09 de maio é o dia do Goku e outras 6 coisas que aprendi com Dragon Ball

Depois de salvar a Tartaruga, Goku recebe a nuvem dourada voadora do Mestre Kame. No entanto, devido à sua luxuria, Mestre Kame não consegue mostrar como Goku pode usá-la – assim, o pequeno Kakaroto aprende sozinho a voar por aí.

No decorrer da série, apenas Goku e seus filhos, Gohan e Goten, conseguem voar na nuvem dourada. Os demais personagens, por um motivo ou outro, são considerados impuros – inclusive Kuririn, que confessa ter algumas revistas pornô escondidas.

  1. Basta bater a cabeça para esquecer sua missão de destruir a terra

No início de Dragon Ball, Goku é enviado ainda bebê para destruir a Terra, mas, ao chegar no planeta, bate a cabeça e esquece sua missão.

A pancada é tão forte que também apaga da memória do pequeno Kakaroto seus “instintos” da raça sayajin, fazendo com que ele cresça bondoso e puro de coração ao invés de violento e sanguinário.

  1. Se você derrotar um guerreiro mais poderoso do universo, outro aparecerá em seguidaPorque 09 de maio é o dia do Goku e outras 6 coisas que aprendi com Dragon Ball

Não importa quantas vezes você derrote aquele cara que se acha a última bolacha do pacote, sempre vai aparecer outro se achando mais ainda. Essa é a lição básica que o Goku nos dá.

Quantos guerreiros mais poderosos do universo ele já derrotou? Inúmeros, entre eles Piccolo, Freeza e Kid Buu – e, nem por isso, outros tantos deixaram de aparecer. Acostume-se.

  1. Que é melhor ter ganhado apenas um torneio do que nenhum

Até o momento, Goku participou de nove torneios, mas ganhou apenas um: o terceiro torneio de Dragon Ball, vencendo o Piccolo. Depois disso ele ainda participou e foi derrotado em outros seis torneios.

É por isso que Goku é um dos personagens mais emblemáticos da cultura pop: não importa o quanto ele apanhe, seja derrotado ou perca, ele nunca desiste.

  1. Que é através da união que nos tornamos mais fortes

Todos os seres vivos, me deem a sua energia

Se você não sentiu aquela vontade de levantar os braços e ajudar o Goku a fazer uma genkidama (bola de energia) na primeira vez que viu essa cena, estou certa de que perdeu um pedaço da sua infância.

Ao pedir que todos doem um pouco de suas energias para que ele forme uma grande genkidama, Goku nos ensina que mesmo distantes podemos transmitir algo bom para o outro, se assim desejarmos.

Seguindo essa lógica, não seria o Goku uma genkidama cheia de energia enviada pelo autor da série para nos entreter, animar e até mostrar que apesar de não ser perfeita, a vida vale a pena?

Feliz Dia do Goku!

Akira Toriyama, criador de Dragon Ball, fez do Goku um verdadeiro arquétipo de força e superação ao elaborar o personagem. Um ser alienígena, tal qual Super Homem, que, mesmo tendo noção da sua força, é puro de coração em todas as circunstâncias e sabe que precisa ajudar e ser ajudado para vencer suas batalhas. Um personagem que merece ser lembrado e celebrado sempre que precisarmos de uma genkidama para chamar de nossa.

E você? Qual foi o momento mais marcante do Goku para você? O que você aprendeu com um dos personagens mais fortes de todos os tempos? Deixe o seu comentário sobre o Dia do Goku!

Descubra outras curiosidades sobre Dragon Ball

Leia mais curiosidades sobre Desenhos

Mylle Silva

Vive de inventar e investigar histórias. Publicou o livro de contos A Sala de Banho (2014) e as HQs A Samurai (2015), A Samurai: Yorimichi (2016) e A Samurai: Primeira Batalha (2017). Ministra aulas de Escrita Criativa, mantém o site Oficina de Escrita e acredita que todos podem ser melhores leitores e escritores.

Deixe o seu comentário

Clique aqui para comentar

Conta aí o que você achou do post!

Newsletter & Teorias da Conspiração

Chega de perder tempo com redes sociais! Segue a gente aqui no tête-à-tête eletrônico da pós-pós-modernidade!