Mas será?

Que porcos comem pessoas [Hannibal]

"Diga oi ao Pavlov" (Mason Verger)
Você tem 15 porquinhas famintas em casa e está precisando de dinheiro? Eu tenho a solução! Alugue-as a assassinos que não conseguem se livrar dos cadáveres

Ser devorado por jacarés, cães, serpentes, tubarões, aranhas, leões, dragões ou até formigas vá lá, mas porcos? PORCOS?

Pois sim, porcos COMEM PESSOAS.

No episódio 10 da segunda temporada (Naka-Choko) da série Hannibal, vemos Mason Verger (Michael Pitt) alimentado seus queridos porquinhos com carne aromatizada artificialmente de humano enquanto ameaça sua irmã Margot Verger (Katharine Isabelle). Ela meio que faz que viaja para outra dimensão enquanto assiste o boneco de carne sendo transportado até o fosso dos animais por uma engenhosa instalação e puxado por eles, aos berros da matinal fome porquínea – com direito a espelho e lugar no camarote!

Antes, ele explica o seu método: soltou os porcos em um labirinto, fez um boneco de bolo de carne, vestiu umas roupas legais nele, jogou um cheirinho de humano e mandou pros porquinhos. Sempre que são alimentados, Mason liga caixas de som com gritos desesperados, o que atiça mais os bichos.

Quem não gostaria de ter um irmão desses?

“É um dos meus ternos” (Margot Verger) “Eu te compro um novo” (Mason Verger)

Os porcos, assim como nós, são onívoros – ou seja, o sistema digestivo deles está preparado para processar carboidratos e proteínas. Mas, é claro, ele tem lá as suas preferências e, por isso, só vai comer uma carninha humana se estiver com muita, MUITA fome.

Acontece que um só porco não faz verão – ele poderia demorar dias, talvez semanas, até comer um corpo inteiro. O que nos leva à seguinte pergunta:

De quantos porcos famintos Mason precisaria para se livrar de um corpo?

Em média, um brasileiro tem 1,75m de altura e pesa 70kg de carne e ossos. Para um único porco, seria alimento suficiente para uma semana e meia, talvez duas.

Por isso, não são os porcos meninos que Mason precisa deixar passando fome, mas sim as porquinhas lactantes. Segundo o artigo publicado no site da Comunidade Profissional Suinícola, uma porca em fase de lactação pode ingerir mais de 6kg de ração por dia! Assim, se cada uma delas comer 4kg de carne, será preciso reunir 15 senhoritas famintas para acabar ingerir um corpo humano em uma ou duas horas.

“Qualquer porco come um homem morto, mas para fazê-lo comer um vivo é preciso… instrução” (Mason Verger)

É claro que Mason talvez tivesse que preparar essa carne antes, já que os porcos têm um paladar exigentes. Segundo a Homestead Organics, eles preferem alimentos cozidos e umedecidos com água ou leite. Seria interessante também cortar o corpo em pedaços, para que os porcos pudessem destroça-lo com mais facilidade – mas perderia toda a razão da cena, eu sei.

Não é a primeira vez que porcos comendo pessoas aparece na ficção. No filme Snatch: Porcos e Diamantes, Tijolão (Alan Ford) explica aos novatos que é preciso cortar o corpo em seis partes e jogá-lo à 16 porcos famintos. Ele também avisa que é melhor raspar os pelos do defunto para não prejudicar o sistema digestivo dos porquinhos.

Há também casos reais de pessoas comidas por porcos. Em 2012, após alguns dias de desaparecimento, os restos mortais do fazendeiro Terry Vance Garner, de 70 anos, foram encontrados com seus porcos. Testemunhas alegaram que os porcos já tinham atacado ele antes. Em 2004, uma fazendeira romena foi encontrada morta, junto aos seus porcos, com partes do corpo faltando. “Suas orelhas e metade do seu rosto estavam faltando. Seus dedos também foram comidos”, diz a notícia.

“Um porco não é como os outros animais. Há uma fagulha de inteligência, uma praticidade terrível nos porcos.” (Mason Verger)

Leia outras curiosidades sobre a série Hannibal

Leia outras curiosidades sobre Séries

Marcadores

Mylle Silva

Vive de inventar e investigar histórias. Publicou o livro de contos A Sala de Banho (2014) e as HQs A Samurai (2015), A Samurai: Yorimichi (2016) e A Samurai: Primeira Batalha (2017). Ministra aulas de Escrita Criativa, mantém o site Oficina de Escrita e acredita que todos podem ser melhores leitores e escritores.

Deixe o seu comentário

Clique aqui para comentar

Conta aí o que você achou do post!

Newsletter & Teorias da Conspiração

Chega de perder tempo com redes sociais! Segue a gente aqui no tête-à-tête eletrônico da pós-pós-modernidade!